UAB lança Edital que permite ingresso por notas do Enem

30/01/2020     Hélder Rocha

 


A Universidade Aberta do Brasil (UAB) realizou nesta quinta-feira (30) a divulgação oficial do Edital para ingresso de alunos na Modalidade EAD (Educação a Distância) no período 2020.1. Pela primeira vez, a seleção se dará por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e serão aceitas as notas das edições de 2014 a 2019. Mais de duas mil vagas serão ofertadas.


O lançamento ocorreu no Salão Nobre da Reitoria da Universidade Federal do Piauí (UFPI), com a participação das IES entidade ofertante da UAB no Estado, por meio do Centro de Educação Aberta e a Distância (CEAD), mas que tem como parceiras a Universidade Estadual do Piauí (UESPI) e a Secretaria de Estado da Educação (Seduc).



O Reitor da Universidade Federal do Piauí, Prof. Dr. José Arimateia Dantas Lopes, afirmou que o desejo de muitos jovens de ingressarem em uma universidade pública é muito grande, por isso mesmo o esmero no lançamento do edital é necessário.


"Mais de um terço de nossos estudantes são de educação a distância, que tem a mesma qualidade do ensino presencial e nossos cursos tem uma equipe muito bem preparada, por isso mesmo são tão procurados. O ensino a distância é o ensino do futuro e a tendência é ampliar essa proporção, sem do assim as parcerias se fazem muito mais necessárias", observou o reitor.


A UFPI, por intermédio do CEAD, está presente em 42 polos de ensino, do litoral ao extremo sul do Estado, abrangendo todo o Piauí (40 polos) e, também, o oeste da Bahia (2 polos). São mais de 10 mil estudantes que, graças à educação a distância, podem ter acesso ao ensino universitário - graduação, especialização e mestrado - em regiões distantes dos grandes centros de ensino.


No novo Edital, dos oito cursos que serão ofertados pela UAB, dois são novos, Turismo e Ciências Contábeis. Também serão criados novos polos em Fronteiras, Palmeirais e Altos. O período de inscrição é de 07 a 12 de fevereiro, o resultado sai dia 05 de março de 2020.


Segundo o secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, a educação a distância é muito importante no Piauí, sendo o governador Wellington Dias, além de entusiasta, um dos criadores desse processo.


"Hoje também o Piauí tem uma plataforma tecnológica que atende a Educação Superior, o ensino técnico profissionalizante por meio de mediação, além de formação e também levando ensino médio e preparatório Enem para o estado. A tecnologia é indissociável de nosso dia a dia e será dada continuidade da parceira do Governo do Estado com a UFPI e UESPI na expansão da Educação Superior, a exemplo do programa UAPI, que é similar a UAB. Seremos o primeiro estado brasileiro que terá vestibular público em todos os municípios, pois é uma decisão de governo", destacou o secretário.



Atualmente, quase 90% da população piauiense já pode ser atendida por um polo superior, segundo Ellen Gera. "A Seduc é mantenedora da infraestrutura, corpo administrativo, parte tecnológica de conectividade da maioria dos polos da UAB e continuará fazendo, pois acredita na parceria. A EAD oferece a oportunidade real de democratização do ensino superior, antes tão restrito aos limites físicos da sala de aula", completou.  


A UAPI (Universidade Aberta do Piauí) é um programa de ensino voltado para o desenvolvimento da modalidade de educação a distância, com a finalidade de expandir e interiorizar a oferta de cursos e programas de Educação Superior no Estado do Piauí, por meio de estratégias de inovação tecnológica.


A instituição está integrada ao Sistema da UAB e é fruto da parceria entre a Seduc, a UESPI e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Piauí (Fapepi). Atualmente está presente em 120 municípios e já ofertou em seus vestibulares seis mil vagas no curso de Bacharel em Administração.

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI