Seduc valoriza o trabalho com o socioemocional dos alunos

09/08/2019     Ranielly Veloso

Nesta sexta-feira (09), no Centro Administrativo, os papéis foram invertidos. Psicólogos, assistentes sociais e técnicos da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), ao invés de aconselharem alunos e pais, foram acolhidos e homenageados pelo Núcleo de Atenção Psicossocial (Nuapsi) em um momento de autoconhecimento e relaxamento em oficinas e apresentações artísticas. Isso para comemorar os 5 anos do Nuapsi, que otimiza o processo educativo de orientação também junto às famílias. Com o tema "Um dia para mim, desenvolvendo as habilidades socioemocionais na educação" os gestores que estão à frente desse processo puderam, juntos com os profissionais envolvidos, refletir sobre a importância de atividades que promovam essas habilidades nos estudantes da rede.



A coordenadora do Nuapsi, Nádia Lima, falou sobre os avanços da área até agora e apresentou todas as equipes de psicólogos e assistentes sociais que atuam na 4ª, 18ª, 19ª, 20ª e 21ª Gerências Regionais de Educação (GREs). "Tenho muita gratidão pelo trabalho da minha equipe, que é lidar com pessoas, ajudar o outro. O meu coração se alegra com isso", relata a psicóloga.



O secretário Ellen Gera Moura participou do momento de integração que contou também com a participação do professor doutor Fausto Negreiros, da Pós-Graduação de Psicologia da Universidade Federal do Piauí; do superintendente de Educação Básica da Seduc, Carlos Alberto Pereira; do superintendente Técnico Profissional e EJA, José Barros Sobrinho; da diretora da Unidade de Gestão e Inspeção, Ana Rejane Barros; do secretário municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Samuel Silveira.



"Quem faz todo esse processo acontecer são as pessoas. Queremos escolas inclusivas, escolas acolhedoras. Esta é uma pauta nacional e que está se consolidando na Seduc. Formamos um comitê para fixar isso na rede estadual e também prevenir conflitos escolares", explana o secretário Ellen Gera.



O superintendente de Educação Básica, Carlos Alberto Pereira, reforça que a data é um marco para alcançar o objetivo. "A Seduc deu um passo gigantesco na fixação de uma política que atenda o socioemocional dos seres socais das nossas escolas, não só professores, mas alunos e famílias. E essa política poderá ser construída com a participação de todas as secretarias do estado", frisa o professor que vestiu a camisa da causa literalmente.



Os profissionais homenageados são os responsáveis por acompanhar todo o processo de avaliação dos alunos nas escolas da Seduc, da entrada à inclusão até à transferência ou desligamento do estudante. Os psicólogos e assistentes sociais do Nuapsi têm como uma das principais missões o foco à prevenção de conflitos escolares, a exemplo dos casos de automutilação e comportamentos tendenciosos ao suicídio, trabalho que tem também auxiliado bastante na redução do número de violência escolar e bullying no estado.



O trabalho é feito por meio de entrevistas, visitas domiciliares e outras técnicas aplicadas individualmente ou em grupo, por demanda espontânea ou urgente. Estes profissionais também desenvolvem o planejamento anual de ações da equipe; dão orientação para o Plano Anual Escolar; realizam palestras e oficinas nas escolas; também ministram oficinas de capacitação para corpo docente e a equipe técnica das GREs; trabalham em grupos temas pertinentes às solicitações dos gestores escolares na área psicossocial e desenvolvem projetos na prevenção do agravo de violências e promoção da saúde mental.

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI