Seduc participa de debate da FGV sobre aulas na pandemia

28/05/2020     Willame Lucas. Foto: Benonias Cardoso




Nesta quinta-feira (28) o secretário de Estado da Educação, Ellen Gera Moura, participou da videoconferência Webinar que trouxe como tema "Avaliação da aprendizagem na retomada das aulas". O evento, que foi transmitido pela plataforma YouTube, é promovido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed)  e Itaú Social.

 

A quarta edição do Webinar convidou também os secretários da educação do Pernambuco, Frederico Amancio; e o secretário da Bahia, Jerônimo Rodrigues, para discutirem a avaliação da aprendizagem na retomada das aulas frente à pandemia, com as estratégias a serem adotadas pelos Estados. 

Participaram do debate o presidente da União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) Nacional, Luiz Miguel Garcia; e o ex-presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacional (Inep) Anísio Teixeira, professor Francisco Soares; sob mediação da diretora executiva da FGV e coordenadora do FGV Ensino Médio, Marieta Ferreira.

A série de webinários, intitulada "Desafios da educação básica em tempos de pandemia", aborda diversas temáticas como a tecnologia, as práticas de ensino, materiais didáticos, a alimentação e as alternativas para acompanhamento e avaliação da aprendizagem frente o contexto de crise.

O professor Francisco Soares pontuou que neste momento, diante dos desafios do ensino remoto, "precisamos criar oportunidade de ajuda entre os estudantes para uma aprendizagem compartilhada e é necessário reconhecer o esforço das secretarias para dar continuidade aos estudos de alguma forma e não deixar os estudantes sem este amparo", frisou.



O secretário Ellen Gera iniciou sua fala destacando o contexto excepcional no Brasil com uma crise sanitária e de como a educação não passa ilesa neste momento, pontuando a suspensão das aulas nas redes educacionais.

"No Piauí estamos em suspensão desde o mês de março e isto certamente impacta no desenvolvimento dos estudantes e, mesmo com o esforço exaustivo, a rede de educação não irá passar ilesa. É preciso reconhecer o trabalho dos professores, que neste momento buscam estratégias diversas para garantir o processo de ensino e aprendizagem, mesmo com ferramentas e recursos tecnológicos ausentes para alguns estudantes", declarou.

Evitar prejuízos

Entre os pontos foi discutido ainda como seguir com políticas efetivas para minimizar os efeitos da pandemia no processo de aprendizagem dos estudantes. O Secretário Ellen Gera destacou que a rede estadual do Piauí já desenvolve um planejamento para diagnosticar os estágios de aprendizagem dos estudantes.

"A pauta do Webinar é importante neste momento por tratar a pauta da avaliação, pois é consenso que iremos precisar de um grande processo de avaliação nas nossas redes.  E, aqui no Piauí, já estamos no planejamento avançado para estabelecermos uma implementação de diagnóstico que nos permita enxergar estudante por estudante, pois cada escola está seguindo um ritmo diferente para alcançar cada estudante com distinção de aprendizagem. Então é necessário que esta avaliação nos dará dimensão de como cada estudante conseguiu avançar neste momento", afirmou.

Ellen Gera ressalta que este diagnóstico irá permitir, ainda no processo de aulas remotas, o planejamento para uma retomada gradual de atividades e realizar ações específicas para cada  escola.

"Iremos experimentar um processo de retomada de aulas gradual, então é preciso, com a avaliação informativa, observar o avanço das estratégias adotadas com resultados positivos ou não. Será possível, assim, a correção de rota ainda neste momento, para quando estivermos no ponto de retomada tenhamos evidência que nos permitam a tomada de decisão precisa e correta afim de evitar o abandono nas redes e verificar o estágio de conhecimentos avançados por cada estudante", disse.

Lado socioemocional

Em sua fala, Ellen Gera pontuou ainda que neste momento de pandemia as ações da rede de educação também estejam focadas em promover aos professores e estudantes espaços para trabalhar o lado socioemocional.

"No Piaui estamos com um pilar no planejamento de trabalho, que é observar as vulnerabilidades que afetam o lado emocional das pessoas que participam da nossa comunidade educacional, olhando para os estudantes, profissionais de educação e as famílias. Já estamos trabalhando com avaliação diagnóstica do lado emocional para entender quais os efeitos da pandemia na rede como um todo para então criar ações neste sentido", finalizou.

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI