Prova de linguagens pode garantir aprovação

08/10/2018     Hélder Rocha



As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) se aproximam e o bom desempenho no primeiro dia de provas é primordial para um resultado positivo no exame. Por isso, alunos das escolas públicas ganham reforço nessa reta final na área de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias.

A professora de literatura e artes, Roberta Cabral, explica que a prova de linguagens, códigos e suas tecnologias engloba as disciplinas de língua portuguesa, literatura, língua estrangeira (inglês ou espanhol), artes, educação física e tecnologias da informação e comunicação.

"Na prova de literatura, os estudantes devem se atentar para obras dos autores Machado de Assis, Carlos Drummond de Andrade, Graciliano Ramos, Guimarães Rosa, entre outros que são figurinhas frequentes no Enem. É necessário que a prova seja lida com atenção, inclusive o rodapé dos textos que trazem informações valiosas. Assuntos como figuras de linguagem e funções da linguagem devem ser bem explorados", relata a professora.

Outra dica que a professora dá é sobre as questões de artes, que devem ser entre três e cinco, de nível de dificuldade médio a elevado, segundo ela.

"Como o Enem é um exame que trata transversalmente habilidades e competências, a disciplina de artes pode ter várias questões das provas com infográficos, gravuras, fotografias, entre outros recursos. Especificamente, o aluno tem que se atentar para as vanguardas, a arte contemporânea remontando da década de 1970 aos dias atuais e expressões como o grafite. A poesia concretista e a escultura de artistas como Tomie Ohtake também podem aparecer no exame", conclui a professora.

Roberta Cabral é professora do Pré-Enem Seduc, um programa da Secretaria de Estado da Educação que promove alternativas, além do Ensino Médio regular, para reforçar o conteúdo educacional dos alunos das escolas públicas estaduais que irão prestar o Exame. Em 2018, o programa já realizou seis grandes revisões com a presença de cerca de três mil estudantes em cada uma. A próxima, o Corujão da Vitória, está agendada para a véspera do Enem, dia 31 de outubro.

O secretário de Estado da Educação, Hélder Jacobina, afirma que, como nas edições anteriores, os alunos que comparecerem a revisão receberão material didático gratuito, assim como o lanche no intervalo. Os estudantes poderão acompanhar ainda a transmissão das revisões via Canal Educação e redes sociais.

"O Corujão da Vitória marca a conclusão de um trabalho extraordinário de professores, equipes de apoio, escolas e alunos onde, durante todo o ano de 2018, a dedicação, o esforço e até o sacrifício fizeram parte do cotidiano na busca da aprendizagem. É muito importante que o aluno que vá concorrer ao Enem esteja presente conosco neste último momento, para fechar com chave de ouro esse projeto", enfatiza o secretário.

No dia 04 de novembro, os estudantes também têm a prova de Redação e Ciências Humanas e suas Tecnologias (História, Geografia, Filosofia e Sociologia).



SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI