Projeto de teatro será aplicado em escolas em 2020

07/01/2020     Hélder Rocha

  

Sensibilizar os alunos de Ensino Médio em relação ao teatro é a proposta de Norma Soely, professora do Teatro do Oprimido, que iniciou o projeto nas escolas estaduais Premen Sul e Unidade Escolar Nossa Senhora da Paz. Na aula inaugural, a reação dos jovens foi de surpresa com as propostas e os jogos teatrais aplicados e muito interesse em participar das aulas de teatro, que serão aplicadas nos sábados letivos do primeiro semestre de 2020.

 

A professora de artes da Unidade Escolar Nossa Senhora da Paz, Brenda Rocha, ressalta que o teatro traz a proposta de uma mudança de comportamento dos jovens. "Os alunos entenderam o que é criar, imaginar. Não refutaram, porque a criação e a imaginação talvez seja a maior de todas as ciências", relata.

 

Segundo a idealizadora do projeto, o teatro contribui para a autonomia dos alunos, estimula a autoestima, reforça a importância de trabalhos em equipe e desenvolve o potencial criativo deles com a criação, produção e apresentação de peças que serão apresentadas na própria escola, para a comunidade, ao final da oficina.

 

"Alunos tímidos ou deprimidos, com autoestima baixa passam a acreditar mais no seu potencial criativo e de vida. Alunos muito "danados", que não permitem que os outros se expressem e que chamam a atenção com um comportamento negativo, passam a canalizar a energia para fazer coisas criativas e respeitar a livre expressão dos outros", diz.

 


O Teatro do Oprimido é um método genuinamente brasileiro criado pelo dramaturgo carioca Augusto Boal, implementado em mais de 100 países de todos os continentes e que, trabalhado com pessoas em situação de vulnerabilidade social, apresenta respostas a essas questões. Os meios de produção das artes cênicas são apropriados pelas pessoas, mostrando a capacidade de cada uma.

 

O projeto tem patrocínio do Sistema de Incentivo Estadual à Cultura do Piauí (SIEC), da Secretaria de Estado da Cultura. Conta com apoio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

 

"O resultado esperado do Projeto é criar um grupo de teatro nas escolas para trabalhar com temas que envolvem a comunidade, como o bulliyng, o racismo, a violência, diferença de gênero, drogas e outros. Pais, mães e professores também participarão do processo", relata ainda Norma Soely.

 

Cerca de 240 pessoas serão envolvidas diretamente no trabalho de criação e apresentação de quatro espetáculos teatrais com figurino e cenário feitos pelos próprios alunos e alguns pais ou mães.

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI