Piauí tem a maior taxa de frequência escolar do Nordeste

07/11/2019     Hélder Rocha



O Piauí desponta com mais um índice positivo quando se trata da Educação, tendo a melhor frequência escolar do Nordeste e a 4ª do Brasil. É o que apontam os dados da pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada nesta quarta-feira (06), tendo como universo jovens entre 15 e 17 anos que frequentam a escola regularmente. 

Os dados demonstram que a taxa de jovens nesta idade indo à escola de forma regular no Piauí é de 90,8%, uma proporção superior à observada em estados como São Paulo (87,4%) e Paraná (85,2%). A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) também revelou que, além dos adolescentes de 15 a 17 anos terem boa frequência escolar no estado, as crianças de 6 a 10 anos de idade e de 11 a 14 anos também possuem um amplo acesso à educação, com 99,6% e 99% respectivamente.

O secretário de Estado da Educação, Ellen Gera Moura, conta que a universalização da Educação Básica conseguida durante a primeira gestão  do governador Wellington Dias, somada aos programas desenvolvidos pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e ao fortalecimento das redes municipais vêm promovendo a elevação dos índices educacionais do Piauí. "O Piauí avançou muito no acesso, na presença dos estudantes na escola, em fazer com que os alunos cheguem até o ambiente escolar em todos os municípios, nas zonas rurais, quilombos e, hoje, todos os municípios do Piauí já contam com a Educação Básica pública completa. Isso parece simples, mas até a década passada era quase impossível. Vencemos essa barreira e agora o nosso foco é termos dentro da nossa escola um ambiente de qualidade para que nosso aluno desenvolva o aprendizado, permaneça na escola e conclua os estudos", lembra o gestor.

Após universalizar a Educação Básica,  o governo estadual começou a trabalhar um dos principais pontos que levam à evasão escolar: o abandono, caracterizado e mapeado pela infrequência escolar, que se dá por razões diversas. 




"Começamos a combater essa infrequência com a implantação do acesso eletrônico nas escolas. Uma das estratégias adotadas pela Seduc, no sentido de diminuir esse índice, tem sido a utilização da tecnologia no auxílio do acompanhamento escolar com o sistema Mobieduca.me, uma ferramenta de monitoramento da frequência dos alunos que comunica aos pais, por meio de mensagens em seus telefones celulares, a ausência do estudante  na escola", disse o secretário, destacando que, atualmente, o Mobieduca.me está presente em  330 unidades de ensino da rede estadual, beneficiando mais 160 mil alunos e que a meta é levar a ferramenta para toda rede.

O secretário explica que esse é um processo demorado, mas que o Piauí se sobressai no cenário nacional como um estado que tem uma política educacional que vem ano a ano ajudando a manter mais e mais alunos na escola. "De 2015 para cá, o número de alunos que deixavam a escola caiu de 50 mil para 15 mil. Para nós é um grande resultado. Estamos trabalhando com afinco para que os números reduzam ainda mais", completa.

O  crescimento apresentado de 2015 até agora evidencia o compromisso do Governo do Estado em manter todos os índices educacionais sempre acima das metas estipuladas. Segundo ele, a Seduc vem reduzindo os números de evasão escolar, reprovação e distorção idade/série com a adoção de estratégias para a permanência dos alunos na escola.

"Ações como o Programa Poupança Jovem, no qual estudantes recebem, enquanto estão cursando o Ensino Médio, uma bolsa de estudos, a fim de se sentirem mais motivados a concluir os estudos; o Plano Estratégico do Pacto pela Aprendizagem, um conjunto de ações de curto, médio e longo prazo, trabalhando com a perspectiva de mudar o cenário da educação, dentre outras iniciativas são pilares da superação desses índices que orgulham a cada dia mais os piauienses e elevam o nome do Estado no cenário nacional, além de proporcionar a qualificação de nossa mão de obra e melhorar nossa competitividade", comemora o secretário.

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI