Piauí debate currículo do Novo Ensino Médio em São Paulo

10/06/2019     Hélder Rocha

 


A partir desta segunda-feira (10), técnicos de todas as secretarias estaduais de Educação reúnem-se em São Paulo para construir os currículos e a arquitetura do Novo Ensino Médio. A iniciativa é da Frente de Currículo e Novo Ensino Médio, promovida pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), e conta com a participação de cinco técnicos da Secretaria de Estado da Educação do Piauí (Seduc).

 

Na programação do 1º encontro, que acontece até a quarta-feira (12), acontecem debates, oficinas de imersão, diagnóstico e construção curricular. As atividades estão sendo realizadas na Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Professores do Estado de São Paulo - EFAPE.

 

Para a secretária de Educação do Mato Grosso do Sul e presidente do Consed, Cecilia Motta, a iniciativa prova que os estados estão avançando na implementação da Base Nacional Comum Curricular e do Novo Ensino Médio.


 

"Demos uma clara demonstração desse movimento quando construímos os currículos da Educação Infantil e do Fundamental, em parceria com a Undime e o MEC. Agora, estamos cada vez mais comprometidos em dar continuidade à essa política de Estado porque acreditamos no seu poder de transformar a educação pública em algo melhor do que temos hoje", ressalta a presidente.

 

Entre os cinco convidados por estado, existem perfis diferentes de profissionais, que irão contribuir em suas áreas de atuação, como coordenadores estaduais da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), coordenadores de Educação Profissional, articuladores de Itinerários, coordenadores pedagógicos de Educação em Tempo Integral e os responsáveis pelo Ensino Médio nas secretarias. Aproximadamente 150 técnicos estaduais estão envolvidos na construção dos currículos e da nova arquitetura.

 

Segundo Clebe Gonçalves, diretor da Unidade de Ensino e Aprendizagem da Seduc-PI, presente no evento, a secretaria tem se empenhado com toda a equipe do Programa da Base Nacional Comum Curricular (ProBNCC) do Ensino Médio.


 

"Neste primeiro momento, os profissionais da educação da equipe que está à frente da construção do currículo estadual do Ensino Médio entregaram o Plano de Acompanhamento da Proposta de Flexibilização Curricular ao MEC. As 299 escolas do Piauí que aderiram ao Programa de Apoio ao Novo Ensino Médio elaboraram e inseriram no PDDE Interativo suas propostas e aguardam sua aprovação", explica o diretor.

 

A gerente do Ensino Médio, Regina Célia, também participando do evento, afirma que a Seduc está dando todo o suporte pedagógico para a elaboração da Proposta de Flexibilização Curricular junto às gerências regionais de Educação e escolas. "A proposta de flexibilização curricular é de suma importância para a implantação do Novo Ensino médio, pois contempla estudos sobre a BNCC, Projeto de Vida do Estudante, Protagonismo Juvenil, Itinerários Formativos, Formação de Professores, atualização da PPP e Nova Matriz Curricular para o Ensino Médio em 2020", revela.

 

No primeiro dia de trabalho, os técnicos estaduais participam de grupos temáticos diversificados, vivenciando e levando suas experiências, propondo contribuições para as redes, que serão levadas aos estados.

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI