Ex-aluno se torna professor e referência em escola estadual

12/04/2019     Marconni Lima

Filho de pai pedreiro e mãe doméstica, o professor de geografia da Unidade Escolar Nossa Senhora da Paz, Weldo da Luz do Nascimento, tem uma relação de amor com a escola e com a educação no Piauí. Em seu currículo, mais do que simplesmente ministrar aulas da disciplina de geografia, Weldo se preocupa com a qualidade do ensino e a preparar os seus alunos para a vida.




Ex-aluno da escola, ainda no Ensino Fundamental regido pela Prefeitura Municipal de Teresina, também na Fundação, Weldo cursou as 7ª e 8ª séries. Depois, no ano 2000, o jovem aluno volta para cursar o 2º ano do Ensino Médio, onde iniciou sua preparação para o vestibular da Universidade Federal do Piauí - UFPI, no qual foi aprovado, no ano seguinte, em geografia.



Antes de se formar em 2006, o então estudante de geografia volta para escola, agora como estagiário nos anos de 2004 e 2005 dando suporte aos professores e à escola. Sua paixão pela Fundação e pela educação não parou por aí. Em 2008, Weldo é aprovado no concurso para professor do estado e, desde então, ficou esperando ser chamado e conseguir a vaga para poder mais uma vez retornar à escola, agora como professor. Em 2010 se tornou efetivo e até hoje permanece na escola.


O professor conta que nunca gostou da mesmice, sempre procurou atividades para levar os alunos para fora da sala de aula ou acrescentar coisas do dia ao conteúdo da sala de aula. "Sempre busquei o conhecimento significativo dos alunos para que eles aprendam mais na prática, vivenciando o que aplicamos na sala. Levo para laboratório de informática o conteúdo de geografia física, pesquisa de campo, não ficamos parados", comenta.


Weldo já levou seus alunos para vários lugares da cidade e até fora de Teresina com o intuito que eles aprendam o conteúdo da sala de aula na prática e, além disso, sempre está engajado nos eventos ou algumas atividades de outras disciplinas, onde se coloca a disposição para contribuir.


"Não vejo isso como fardo. Além de ensinar, aprendemos muito com cada aluno. Cada turma é uma turma diferente, não costumo fazer a mesma coisa com todas as turmas. Todos os anos sempre busco inovar, mudar a rotina deles, cada turma tem a sua especificidade e elas devem ser tratadas de forma diferente", afirma.


De acordo com a diretora da escola, Socorro Amâncio, Weldo é um professor exemplar.  "Ele é muito responsável, está sempre na sala de aula, não se omite em nada, sempre está disposto a ajudar e contribuir no que for necessário para a qualidade do ensino e aprendizagem dos nossos alunos, tem um carinho especial pela escola e pelos alunos. Acredito que também pelo fato de ser ex-aluno da escola e de ter conhecido e convivido com o seu fundador, o padre Pedro Balzi. É um professor nota 10", afirma a diretora.


O último projeto que o professor Weldo realizou com os seus alunos foi o experimento para a 13ª edição da Mostra Brasileira de Foguetes (MobFog). O evento, junto com a Jornada Brasileira de Foguetes, desperta o interesse de estudantes do Piauí e do Brasil para o ensino das ciências. O projeto consiste em confeccionar  o foguete com garrafas pet e a base em PVC, explica o professor. "Mostramos um vídeo ensinando como montar e depois fomos para a parte prática de confecção. Após a confecção, foram feitos testes e explicamos a importância dos foguetes, a tecnologia dos foguetes para os tempos atuais, a questão do GPS, os sinais de telecomunicações, do lado da geografia foi isso. É um trabalho muito importante e os alunos se envolveram bastante", conta Weldo.


"Foi uma experiência incrível, muito enriquecedora. A geografia física com o lançamento de foguetes nos deu mais conhecimento e o professor Weldo nos deixa super a vontade. É bastante atencioso e passa o conteúdo de forma clara, explica muito bem, e sempre está conosco", afirma a estudante do 1º ano Dayana Rodrigues.


A MobFog é realizada anualmente pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB), em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB), entre alunos de todos os anos dos Ensinos Fundamental e Médio em todo território nacional. A MobFog tem por objetivos fomentar o interesse dos jovens pela Astronáutica, Física, Astronomia e ciências afins, promover a difusão dos conhecimentos básicos de uma forma lúdica e cooperativa, mobilizando num mutirão nacional, alunos, professores, coordenadores pedagógicos, diretores, pais e escolas, e instituições voltadas às atividades aeroespaciais.


Com esse e outros projetos educacionais, o professor acredita que contribui bastante para o melhor conhecimento dos alunos na disciplina que ele se propôs a ministrar, sempre inovando e buscando novas técnicas e tecnologias para incentivar mais e mais, seja dentro ou fora da sala de aula e, além disso, procura orientá-los e aguçar as suas ideias, pensamentos e opiniões, formando não só profissionais, mas pessoas com responsabilidade, caráter e personalidade.


"Vejo-me nos meus alunos há alguns anos atrás e sempre os motivo para o futuro, mostrando que nem sempre as boas notas fazem um bom cidadão, a nota é apenas uma consequência do aprendizado. Eu busco mais que isso nas minhas aulas, me esforço para que eles se formem além de bons profissionais, bons cidadãos", termina Weldo.


Situada na Rua Isaias Coelho, s/n, Vila São José da Costa Rica, zona sul da capital, a escola Nossa Senhora da Paz possui mais de 600 alunos nos turnos da manhã, tarde e noite no Ensino Médio Regular e Educação de Jovens e Adultos.

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI