Estudante do PI participa da Expo-Sciences International

01/10/2019     Marconni Lima




Com projeto sobre Transtornos Mentais comuns em alunos da escola Centro Estadual de Tempo Integral (CETI) Cândido Borges, em Campo Maior, o estudante João Victor Silva Pereira foi o único piauiense que participou da Expo-Sciences International em AbuDhabi, nos Emirados Árabes Unidos, uma exposição multicultural não competitiva que apresenta projetos STEAM (Ciência, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática) desenvolvidos por crianças e jovens de todo o mundo, além de exposições interativas de instituições relacionadas ao STEAM.


O programa Expo-Sciences também inclui visitas culturais e científicas, atividades de lazer, oficinas e conferências. Os líderes nacionais do programa STEAM para jovens se reúnem para compartilhar e discutir as melhores práticas de promoção e educação do STEAM e aconteceu de 22 a 28/09, reunindo mais de 60 países e cerca de 2 mil participantes. A delegação brasileira participou com 12 estados, entre eles o Piauí. 




"Nosso projeto foi realizado no âmbito escolar pois observou-se uma predominância muito grande de pessoas que apresentam comportamentos autodestrutíveis como exemplo a mutilação, e a adolescência é o período em que mais temos vulnerabilidade, devido a pressões externas e problemas internos. O transtorno mental comum no mundo contemporâneo está cada vez mais presente nos jovens, deixando preocupadas as instituições de ensino e as famílias", disse João Victor.


O objetivo do projeto era analisar o perfil do transtorno mental comum (TMC) em estudantes matriculados no Centro de Ensino de Tempo Integral (CETI) Candido Borges na cidade de Campo Maior/Brasil, entre março e junho de 2017. 




Com o estudo concluiu-se que os adolescentes estão cada vez mais perdendo o senso de vida, preocupando-se cada vez mais com a família, os amigos e a população em geral. Um problema de saúde pública mundial, de relevância social significativa, em que alguém deve saber como identificar o ser humano de uma maneira holística, que pode ser sua voz de escuta e compreensão, transmitir confiança e essas vantagens.


De acordo com o estudante, a viagem foi simplesmente incrível, "Perfeita demais. Apresentar um trabalho de relevância social representando nosso Estado que é tão rico em saberes é uma experiência única. algo que nunca mais vou esquecer, foi muito enriquecimento pessoal e profissional com toda certeza. Só tenho gratidão", afirma o aluno.




TMC são males de ordem não psicótica que podem afetar drasticamente a vida caso não se dê uma maior atenção a estes, qualquer pessoa pode apresentar, em qualquer fase da vida. São estes: ansiedade, depressão, irritabilidade, fadiga, estresse, dificuldades de concentração, insônia, etc. 


"Para mim enquanto professora e orientadora de projetos científicos, é uma honra levar nossos alunos da rede pública estadual para participar de eventos de grande relevância para o mundo científico. A inquietude, a busca do novo, a descoberta de nossos alunos, me incentiva a proporcioná-los tais grandiosos eventos. Logo porque somos os únicos do Piauí. Não é fácil. Somos guerreiros. Mas voltamos para casa com o dever cumprido. Piauí bem representado", comemora a professora Silvana Orsano dos Santos Araújo que orientou João.



João Victor participou da exposição internacional, após ganhar um prêmio internacional na V Expo Nacional MILSET Brasil, com o projeto. O evento na época, reuniu diversas categorias internacionais de ensino e aconteceu em Fortaleza, Ceará.

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI