Escolas do interior visitam Salipi e recebem cheque-livro

07/06/2019     Willame Lucas

Os estudantes da Unidade Escolar Dona Rosaura Muniz Barreto, localizada em São Miguel do Tapuio, a 233 km de Teresina, participaram de uma aula diferente na manhã desta sexta-feira (7). Longe das salas de aula, os 42 alunos do 3º ano do Ensino Médio estiveram visitando os espaços do Salão do Livro do Piauí (Salipi).




A equipe de gestão da escola acompanhava os alunos, que acordaram de madrugada para estarem no salão devido à distância entre os municípios, na busca pelos títulos entre os vários estandes do salão. O professor da escola, Filipe Germano, destaca que a vinda da escola ao Salipi propicia o intercâmbio entre os alunos, além da aprendizagem fora do espaço escolar.


"Esta é a quarta vez consecutiva que os alunos vêm e aqui eles têm uma relação direta com os livros, autores e a oportunidade de trocar conhecimento com outros alunos, experiência importante para o ensino e aprendizagem. Por ter uma vasta programação educativa, os alunos criam uma melhor relação com a cultura, além do trabalho educacional. Isto é importante para a carga estudantil deles que saíram do interior para a feira", pontua Germano.


Cheque livro


Além da programação das atividades que o Salipi disponibiliza, os estudantes aproveitaram a feira para adquirirem novos livros utilizando o cheque livro, entregue pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc) na última segunda (3). As escolas das gerências regionais da capital e da grande Teresina receberam 6.600 cheques livro no valor de R$ 15, distribuídos aos alunos da rede estadual durante a 17ª edição do salão do livro.




Filipe Germano comemorou a iniciativa da Seduc pela entrega dos cheques para a comprar livro, revistas, quadrinhos e outros artigos disponíveis nos estandes. "O incentivo é fundamental para o aluno vindo do interior e às vezes com a renda fragilizada e tendo este suporte na aquisição dos livros, pois ele acaba levando na bagagem um pouco do que viu e aprendeu no Salipi", destacou o diretor.


Segurando dois livros adquiridos com o cheque livro, o aluno João Marcelo visita pela segunda vez a feira e ressaltou que o incentivo fez a diferença na compra. "É uma forma de incentivar até mesmo alunos que não têm o hábito de adquirir livros com frequência e certamente sem o cupom iriam comprar menos livros", comemora.




Com o cheque livro na mão, a aluna do 2º ano do Ensino Médio, Maria Joyce, que lê um livro por semana destaca, que o cheque irá ajudá-la nas atividades de leitura que a escola realiza.


"É interessante a escola nos trazer ao Salipi, pois temos aulas na biblioteca com atividades sobre os livros que escolhemos, e a recomendação que a gente traga um livro de casa para apresentar aos colegas, então o cheque livro facilita na escolha do livro no gênero que gostamos", disse a aluna. 



SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI