Escola realiza projeto de inclusão e transforma o cotidiano

30/11/2018     Lívia Barradas

Ao receber a matrícula de duas alunas surdas para cursarem o 1º ano do Ensino Médio, o Centro Estadual de Tempo Integral Cônego Cardoso sentiu a necessidade de adequar as aulas para melhor atender as novas estudantes, desse fato nasceu o projeto "Aprendendo Libras no Cotidiano Escolar" - Curso Básico de LIBRAS. 







Elaborado pela supervisão de ensino e coordenação pedagógica, o projeto levou o conhecimento básico da Língua Brasileira de Sinais para alunos, professores e colaboradores da escola, além da interação linguística, e desenvolvimento de habilidades comunicativas, contribuindo para a inclusão de pessoas com deficiência auditiva.


 "O curso de Libras foi proposto a partir da necessidade que a escola apresentou em elaborar um projeto que contemplasse todos os alunos, professores e comunidade na qual a escola faz parte. Diante dessa problemática a escola buscou parceria que viabilizasse a realização desse projeto, como o Instituto Antonino Freire, e professores especialistas em LIBRAS", explicou a Coordenadora do Curso é a atual supervisora de Ensino no município, Professora Izabel Lima.





           
Para a diretora da escola, Socorro Soares, o projeto foi aplicado na escola CETI Cônego Cardoso e serviu para que todos pudessem conhecer e refletir sobre a importância da Libras na vida das pessoas surdas. "Percebemos que a utilização da Linguagem Brasileira de Sinais é um meio de garantir a preservação da identidade surda, bem como, contribui para a valorização e reconhecimento da cultura surda, essas ações realizadas nas escolas possibilitaram a todos um maior conhecimento da língua", afirmou.





Satisfeitos com o novo aprendizado, os alunos que participaram do curso relatam a experiência positiva. "Aprendemos sobre a datilologia, números, saudações, família, cores, estações do ano, alimentos, espaços escolares, materiais escolares, pronomes entre muitos outros assuntos necessários. Por fim resta a nossa gratidão pela inclusão e pelo aprendizado que nos foi dado no intuito de disseminarmos o objetivo principal do curso que é inserir o surdo no espaço escolar com amor e carinho", concluiu a aluna Anabel Soares.



SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI