Escola realiza parceria com rede de apoio escolar

23/02/2021     Willame Lucas

Em meio às incertezas dos estudantes e suas famílias sobre a aplicação do ensino remoto durante a pandemia da Covid-19, a Unidade Escolar Alberto Leal Nunes, localizada no município de Regeneração, buscou alternativas para trabalhar a motivação, o conteúdo e a informação junto aos alunos. Entre as ações está a parceria com o projeto Salvaguarda, programa social de apoio ao ensino dos estudantes da rede pública de todo o país.

Com uma rede de superior a 1 mil voluntários de todas as universidades públicas do país, o projeto auxilia os estudantes, de forma gratuita, com tutoriais e orientações para a escolha profissional e treinamento para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e outros vestibulares.

A unidade oferta o Ensino Médio Regular a 424 estudantes, incluindo uma turma de Atendimento Educacional Especializado (AEE). Após diálogos com os criadores do projeto, a gestão da escola inscreveu todos os alunos no programa para auxiliar as atividades produzidas na gestão pedagógica, disse o diretor, Ismael Lima Dantas.

"Na escola fizemos questão de compartilhar ações que venham amenizar as dificuldades dos alunos. No projeto, eles podem escolher entre um ou quatro apoios dos professores voluntários, como: correções de redações, cada aluno tem um tutor específico que o acompanha quinzenalmente nas redações; trabalham a parte organizacional para preparação de vestibulares, com a ajuda de tutores; auxiliam no processo de escolha profissional; ofertam grupos de monitoria nas disciplinas", destacou o gestor.

Para o Salvaguarda, as inscrições acontecem até 28 de fevereiro e o estudante deverá enviar um comprovante, uma declaração de que é ou foi estudante de escola pública.

No mês de março os membros do Salvaguarda entrarão em contato individualmente com cada aluno, quando será agendada uma chamada de vídeo para que o monitor repasse todas as informações sobre a execução das atividades de auxílio.

O projeto é idealizado por Vinícius de Andrade, jovem que nasceu em um bairro da periferia paulista e hoje estuda no curso de economia da Universidade de São Paulo (USP). Entendendo que poucas pessoas em situações como a dele tinham acesso ao ensino superior de qualidade, decidiu, há três anos, criar o Salvaguarda para mudar a realidade dos alunos. Em função da pandemia, a ação virou um Programa Nacional com a intenção de alcançar 25 mil inscritos. 

"Entre as outras ações de apoio escolar, os estudantes contam com os programas como as revisões preparatórias Pré-Enem Seduc, as aulas de reforço aos conteúdos produzidos pelo Canal Educação e a distribuição de material impresso. Com o projeto, além de incentivar nossos alunos, estamos divulgando ainda para as demais escolas e ampliar a sua preparação para o Enem", complementa o diretor Ismael. 

Mais informações sobre a s inscrições no projeto podem ser conferidas na rede social Instagram do programa (@salvaguarda1).

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI