Escola realiza ações inovadoras durante a pandemia

14/09/2020     Michelle Furtado

Com a pandemia do novo coronavírus, o mundo se viu repentinamente obrigado a ficar em casa e as escolas se reinventaram para garantir a continuidade do ensino por meio das ferramentas tecnológicas.

A Unidade Escolar Professor Agripino Oliveira, localizada no Parque Piauí, que já caminhava com novas metodologias, também se reinventou, buscando, além do ensino aprendizagem, garantir o bem-estar físico dos jovens.

 
A unidade atualmente tem 173 alunos no Ensino Fundamental 2, funcionando no turno da manhã. "Quando assumi em 2017, montei grupos de Whatsapp pra cada turma, somente com pais. Neles, passávamos todos os informes da escola, bem como relatório de comportamento dos alunos e roteiros de estudo da semana para os pais saberem o que seus filhos estavam estudando.  Então, quando chegou a pandemia,  como já tínhamos  grupos, colocamos também os alunos e nossas aulas começaram acontecer pelo aplicativo", afirma a diretora. 


Como funciona a dinâmica das aulas


Os professores têm 2 horas de aula por dia em cada turma, iniciando às 8h e terminando às 12h. E as aulas acontecem em tempo real. "O grupo é fechado ao final de cada aula, às 12h, e à tarde, os professores ficam de plantão de 14h as 17h para tirar dúvidas dos alunos. Aos sábados, os professores fazem plantão de mutirão on-line para tarefas", ressalta Adriana. 



Dos 173 alunos, apenas 24 não possuem internet e, para esses alunos, a escola realiza as atividades personalizadas impressas, sendo que a cada 30 dias eles pegam o conteúdo do mês na unidade. 


A diretora Adriana Lebre destaca que, em períodos atípicos como o que tem se vivenciado, é gratificante ver como esses educadores são criativos nas atividades que desenvolvem, sempre visando o melhor para os alunos. "Como equipe do Agripino, só tenho que reconhecer o potencial e o talento que cumpre sua missão de ensinar com compromisso, responsabilidade e esmerada dedicação. Assim o sucesso é o resultado do trabalho desenvolvido com excelência", comemora a diretora.


Inovação 


Uma ação que tem estimulado os alunos durante a pandemia é o projeto "Eu sou Aluno nota 10". A ação tem como objetivo premiar os quatro melhores alunos das oito turmas da unidade. 

A equipe do Agripino montou cestas de café manhã e se dirigiram a casa dos alunos às 6h da manhã com confetes e certificação do melhor estudante. 


O critério de escolha foram as melhores notas, assiduidade nas aulas, entrega de atividades on-line e atividades gravadas na educação física. "A disputa dos melhores foi acirrada", fala Adriana.

O aluno Yuri César, que cursa o 8º ano, ficou muito feliz com a surpresa. "Melhor que ganhar a cesta é ser reconhecido pela minha escola, isso só me faz ter vontade de estudar cada vez mais", finaliza Yuri.



Bem estar 


A escola Agripino Oliveira, também preocupada com o bem está físico, vem trabalhando as atividades de educação física de uma forma dinâmica. 


A professora Fabiana Guilherme tem levado aos alunos aulas focada em assuntos relacionados a atividade física e saúde.  A disciplina Educação Física também possui a parte teórica, que leva os alunos à reflexão sobre diversos assuntos relacionados a esportes e bem-estar.



"Uma vez por semana, as aulas são sobre diferentes assuntos, como treinamento funcional (cada aluno faz as atividades práticas sugeridas de acordo com sua rotina e horário), sedentarismo, benefícios da atividade física para a saúde mental, como o corpo reage à quarentena, cuidados com a alimentação, a importância do bom sono. Postura, lesões esportivas, benefícios da caminhada, supervalorização da beleza física, ídolos no esporte, esportes paralímpicos também são assuntos abordados nas aulas", explicou a professora Fabiana.


Pensando no treinamento mental, dentro da Educação Física da escola, a professora Fabiana  trabalha ainda com atividades que envolvem a linha da vida, crenças limitantes, procrastinação e seu estado atual.

Nesse momento em que as tecnologias são tão importantes para a educação, trazer novas metodologias de ensino é essencial para a formação humana  e escolar dos alunos.


As ações da Unidade Escolar Professor Agripino Oliveira não param por aí, está previsto para o final do mês de setembro um show de talento virtual, englobando a interdisciplinaridade. "É uma surpresa e que será uma mola propulsora para alavancar e sair da mesmice da aula remota. Aguardem", finaliza a diretora empolgada.

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI