Escola da Seduc melhora desempenho no Ideb de 3.1 para 5

05/09/2019     Ranielly Veloso

De uma avaliação para outra, a Unidade Escolar Antônio de Almendra Freitas, localizada no bairro Dirceu II, zona sudeste de Teresina, e que atende 380 alunos nos ensinos Fundamental, Médio e EJA (Educação para Jovens e Adultos), saltou de 3,1 para 5 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). O Ideb é calculado a partir dos dados obtidos no Censo Escolar e dos resultados dos estudantes nas avaliações oficiais do Inep do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). A transformação em poucos meses se deu a partir de uma mudança de cultura na escola com a chegada da nova diretora, em maio de 2017, o mesmo ano da avaliação depois do resultado de 2015. 


Hisabel Araújo, diretora da escola, conta que eles só tinham 5 meses para conscientizar os alunos da importância do processo de ensino aprendizagem, pois isso os faria presentes em sala de aula e também nas provas, tanto bimestrais como as de avaliação externa, que eram encaradas antes com muito temor. Os pais dos alunos também se tornaram verdadeiros aliados para que os mesmos encarassem suas responsabilidades. A plataforma Mobieduca.me, responsável por mensurar rendimento e presença do estudante, foi essencial na mudança de comportamento de toda a comunidade escolar pois, por meio dela, a equipe pedagógica da escola se comunicava com os responsáveis, convocando-os para reuniões que tinham como principal objetivo explicar a importância da presença dos alunos nas aulas e avaliações. 


"Nós começamos a criar situações de estímulo e tranquilidade para o dia da prova. Todos os dias reforçávamos com os alunos o compromisso de participar de uma ação que só ia gerar resultados para a escola como um todo. O exercício diário de fazer provas seguindo um padrão único, organizando as salas para o dia de prova, separando as carteiras, independentemente de ser prova externa ou bimestral, fez com que eles mudassem de comportamento", relata a professora Hisabel.


Quando o resultado do Ideb saiu, mesmo com todo o esforço, foi grande a surpresa para professores e direção da escola, pois foi um salto muito grande. "Vimos com o resultado a importância do instrumento de avaliação para a escola que passou a ser tratado de uma forma bem particular. Os alunos também passaram a enxergar como esse instrumento também era importante para a escola", explica a diretora.


As ações do programa Jovem de Futuro também auxiliaram nesse processo, pois a partir dele os professores se tornaram conscientes do papel deles na efetivação de um trabalho que eles desempenhavam. Desde então, trabalhos práticos que estimulassem a participação direta dos estudantes, como a elaboração de maquetes e seminários, fizeram com que eles se sentissem inseridos no meio. 


"O processo educativo é o fazer no dia a dia, na sala de aula e na escola quando estamos participando de todas as ações", finaliza Hisabel Araújo.


Neste ano, já com os alunos conscientes de seus compromissos, a metodologia de preparação para o Saeb está focada em revisões e aplicação de simulados no turno e contra turno, em aulas extras. Os professores estão pegando como base provas passadas do Saeb e também as obras dos escritores expressivos para a Língua Portuguesa, que foi, no último exame, a maior dificuldade dos alunos detectada pela gestão da escola.



SOBRE O SAEB

A prova e amostra do Saeb serão realizadas em todo país do dia 21 de outubro ao dia 1º de novembro. A avaliação é responsável por diagnosticar a proficiência dos alunos nas disciplinas Língua Portuguesa e Matemática. 


Por meio de provas e questionários, aplicados periodicamente pelo Inep, o Saeb permite que os diversos níveis governamentais avaliem a qualidade da educação praticada no país, de modo a oferecer subsídios para a elaboração, o monitoramento e o aprimoramento de políticas com base em evidências.


As médias de desempenho do Saeb, juntamente com os dados sobre aprovação, obtidos no Censo Escolar, compõem o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI