Escola celebra ’Beleza Negra empoderada’ em oficinas para estudantes

02/12/2021     Willame Lucas

No intuito de discutir e valorizar a história e cultura afrobrasileira no mês da Consciência Negra, o Ceti Otávio Falcão, localizado no município de Porto-PI, realizou uma série de atividades em alusão ao Dia da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro no território nacional. Intitulada "A Beleza Negra empoderada", o evento aconteceu entre os dias 25 e 30 de novembro.

Os trabalhos foram desenvolvidos por todos os professores em seus respectivos componentes curriculares no decorrer de todo o ano letivo e a programação para os estudantes contou com a exibição de filmes e documentário, que retrataram a discriminação e superação da população negra.

Segundo o diretor da escola, Dário Kardeck de Carvalho Araújo as atividades foram idealizadas para reforçar a conscientização sobre a luta dos negros contra a desigualdade social e a discriminação racial.

"Com a realização dessas atividades foram trabalhadas duas das competências gerais da BNCC: o Autoconhecimento e autocuidado e Empatia e cooperação, desta forma, buscamos desenvolver no chão da escola uma educação que ativamente combata toda e qualquer expressão de racismo. É essencial para a construção de uma sociedade mais equitativa e menos violenta que reconheça e valorize a história e cultura afrobrasileira", declarou o gestor escolar.

As discussões sobre a história da população negra no Brasil foram mediadas em rodas de conversas e na palestra ’Consciência Negra: vamos refletir sobre racismo e saúde mental’, com a abordagem na compreensão dos estudantes quanto aos impactos do racismo existente no país e na saúde mental.

Entre as ações apresentadas, os professores de matemática trabalharam com os estudantes modelos estatísticos com enfoque em pesquisa informativas quanto à autodeclaração de cor e apresentação em gráficos;

Ressaltando a pluralidade e o encanto dos diferentes estilo de beleza negra foi realizado o ensaio fotográfico tendo como temática A Beleza Negra Empoderada; Na programação houve ainda a oficina de turbante, que ensinaram aos alunos sobre a simbologia nas diversas culturas e os modos de amarração do adereço.

Os estudantes do Ensino Médio, Lohan Grabriel e Leandra Ferreira, comentaram sobre a importância da escola organizar uma programação dedicada à data da consciência negra.

"Para mim foi importante participar de todas as atividades, principalmente, com o ensaio fotográfico de empoderamento da beleza negra. Foi um momento de mostrar a minha cor e também incentivar outras pessoas a mostrarem a sua beleza", declarou o aluno.

"Achei de suma importância todas as atividades participei das fotografias enaltecendo a beleza; das oficinas onde aprendi a amarração de turbante; compartilhamos na roda de conversa e acredito que a oficina não deva ser feita apenas em novembro e sim o ano todo", afirmou Leandra.

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI