Educação promove qualificação profissional para reeducados

06/09/2019     Claudia Bezerra

Aconteceu na manhã desta sexta-feira, 07, solenidade para Certificação dos Cursos de Formação Inicial e Continuada de Agente Comunitário de Saúde e Microempreendedor Individual,  realizada pela Secretaria da Educação em parceria com a Secretaria de Justiça na Plenária  para comunidade do sistema prisional.
 
No total, foram certificados 28 reeducandos que cumprem alternativas penais. "Satisfação chegar nesse momento! Em nome da turma que concluir esse curso quero agradecer a presença de todos e dizer que foram muitas as dificuldades, alguns pensaram até em desistir, mas graças a Deus conseguimos. O bom desse curso não é que ele é só para nós, mas para toda família. Batalhamos muito por isso e desejamos outras oportunidades", fala o estudante Fábio Amorim, que representou a turma no discurso de conclusão do curso.
 
Os cursos aconteceram através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego -PRONATEC, no Memorial Esperança Garcia, com objetivo de ampliar a oportunidade educacional, a formação profissional e promover a reinserção social e econômica de pessoas privadas de liberdade.
 
O Pronatec foi instituído pelo Governo Federal em 2011, pela Lei 12.513 de 26 de outubro, visando à oferta de vagas em cursos profissionalizantes para pessoas privadas de liberdade no país com o objetivo de expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica.
 
Para o superintendente de Educação Técnica e Profissional e EJA, professor José Barros Sobrinho, o momento é de celebração."Com essa certificação, o Estado está dando um novo significa para vida dessas pessoas. Este é um modelo de reinserção, tanto social quanto economicamente, garantindo assim oportunidade melhor de empregabilidade e geração de renda para suas vidas e de suas famílias", explica o José Barros, que na oportunidade representou o secretário de Educação, Ellen Gera Moura.
 
José Barros ainda fez um relato histórico do Projeto Educando para a Liberdade para as autoridades e plateia presente."A parceria da Seduc com a Secretaria de Justiça iniciou em 2003, com a criação do Projeto Educando para Liberdade, considerado uma das ações mais importantes desenvolvidas pelo Sistema Penitenciário, por levar a educação da rede estadual de ensino para dentro dos presídios, oportunizando aos internos dos estabelecimentos penais estudarem regularmente enquanto cumpriam suas penalidades. Este projeto teve destaque nacional por ser pioneiro nessa iniciativa e por isso foi apresentado para outros países, como a Argentina, Paraguai, Uruguai e outros. De forma que esta parceria entre as secretarias vem dando certo, este trabalho já conseguiu mais de mil matrículas da EJA e Educação Profissional e agora vamos ampliar com novo projeto para que possamos aproveitar a mão de obra nos mutirões das escolas. Portanto quero parabenizar a cada um pela coragem, determinação e principalmente pela perseverança de concluir essa formação e ter hoje uma profissão certificada com validade em todo território nacional engradecer".
 
Por sua vez, o delegado Charles Pessoa, representando o secretário de Justiça reforçou as palavras do professor José Barros."A Secretaria de Justiça em parceira com a Secretaria de Educação sempre buscam projeto voltados para área de ressocialização para que possamos mesmo oportunizar as pessoas que em algum momento cometeram algum ato contrario a Legislação, possam ter oportunidades de retomar suas vidas, de se profissionalizarem e saírem com certificado como o que acontece aqui hoje".
 
A ação ocorreu no Tribunal de Justiça do Piauí, através da Central Integrada de Alternativas Penais (CIAP), que promove o atendimento psicossocial às pessoas em liberdade provisória e àquelas em cumprimento de penas alternativas. Somente neste ano, foram realizados mais de 4 mil atendimentos, com o apoio de uma equipe multidisciplinar formada por profissionais como assessores jurídicos, assistentes sociais e psicólogas.

 


SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI