Cinema na Escola pretende ressocializar alunos

15/04/2019     Marconni Lima


 


Inserir a arte do Cinema no processo de ensino-aprendizagem com uma visão multidisciplinar como um meio de aproximar o público estudantil da narrativa audiovisual é o objetivo geral do "Projeto Cinema na Escola" que tem como tema: Interação, valorização e produção do conhecimento pela arte que acontece no Ceti Cecília Meireles em Miguel Alves de segunda 15, a quarta 17/04.

 

A escola se propõe ainda oportunizar aos educandos o acesso ao conhecimento da linguagem audiovisual, apresentar o cinema aos estudantes, como sendo uma fonte de cultura e agente transmissor de conhecimento e desenvolver a partir do gosto pelo cinema, o senso crítico, estético e cultural sobre a localidade, o país e o mundo de modo geral.

 

"Agregar valores, vivências e reflexões comuns a diversas disciplinas do currículo, possibilitando um espaço de discussão permanente dentro da escola é o que nos propomos nesses três dias, realizando atividades diferentes, trazendo nosso público para escola", disse o coordenador da escola Francisco Nascimento Silva.

 

De acordo ainda com o coordenador, o aprendizado na Escola não pode se restringir unicamente ao cumprimento de horários, tarefas e exercícios, pois deve ir muito além do simples formalismo presente no repasse de conteúdos e trabalhos. "Elaboramos o projeto cinema na escola, com isso vamos fazer a socialização desse filme, depois vamos realizar uma oficina para apresentar resultados, logo após, será feita a culminância geral com todo mundo, onde todos vão compartilhar suas experiências possibilitando o debate inter e transdisciplinar em torno de temáticas atuais (bullyng e respeito as diferenças) apresentadas através de filmes e documentários, promovendo a integração e o desenvolvimento social, além de oferecer momentos de lazer aos alunos e toda a comunidade escolar", comenta.

 

Segundo o projeto, o aprendizado para ser plenamente alcançado necessita muitas vezes, sair da rotina do dia-a-dia escolar. Assim, cabe as equipes pedagógica e administrativa do Ceti, buscar alternativas, o que pode ser feito através de uma proposta que serve como um instrumento de debate e reflexão, tão importantes na formação de crianças e adolescentes.

 

Durante os três dias serão realizados debates e outras atividades em sala de aula, de acordo com os temas relacionados ao filme ou animação que terão a oportunidade de assistir, dentre outros, filmes voltados para o respeito às diferenças, ao professor e preconceito racial com a participação de alunos do 1º e 2º anos voltados para o Ensino de Tempo Integral.


Dessa forma, o professor poderá estimular a observação mais acurada e o senso crítico dos alunos quanto à obra cinematográfica, dinâmicas para trabalhar a auto-estima e a responsabilidade de cada aluno.

 

 

 

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI