Centro de Estimulação Sensorial realiza arraiá

26/06/2019     Marconni Lima Fotos: João Pio



Com o objetivo de socializar as crianças, familiares e profissionais, o CES - Centro de Estimulação Sensorial, realizou na tarde dessa quarta 26, realizou o "Arraiá de CES". O evento aconteceu na quadra da escola e contou com a participação dos funcionários do centro, familiares e das crianças atendidas.


Durante a tarde houve apresentação da quadrilha junina com as crianças e os professores, comidas típicas e uma decoração especial com o tema junino foi feita pelos funcionários para alegrar a tarde dedicada ao evento.




Para a diretora do centro Maria Antônia Pereira, é um dia de alegria, de festa, onde o centro pode proporcionar esse momento para as crianças. "O envolvimento com as famílias, o resgate cultural, elas precisam disso, onde todos participam e gostam muito. Eu como gestora e os profissionais que aqui atuam, sempre valorizamos esses momentos, fazendo questão enquanto equipe, de preservar isso no CES, mesmo com muito esforço, é bastante importante pra nós", afirma a diretora.



Cerca de 30 crianças de 0 a 7 anos são atendidas pelo CES com atendimento educacional especializado (AEE) e terapêutico, cegas, surdas e surdas cegas e doenças associadas como autismo, pdh, dentre outras. Além do atendimento educacional especializado (AEE), as crianças do centro são acompanhadas por fonoaudiólogo, fisioterapeutas, psicopedagogos, pedagogos, psicomotricistas, assistente social, psicólogos, educadores físicos.




Maria Eliane, mãe de aluna cega que há 4 anos é atendida pelo CES, disse que só tem o que agradecer. "Tudo aqui é muito bom, excelente, de muito proveito para minha filha, eu só tenho a agradecer a todos aqui, enquanto ela puder estar participando dos eventos que aqui são realizados, estaremos aqui juntas", comemora dona Maria.




De acordo com a educadora física Thaís Fontenele, que trabalha no centro há 6 anos, as festinhas e todos os encontros feitos no  CES, principalmente nas datas comemorativas, tem o propósito de fazer a socialização entre pais, professores e alunos. "Tudo que fazemos é com texturas para que nossas crianças possam sentir através das mãos, porquê as mãos para as crianças cegas, são os olhos e as crianças surdas precisam do visual, aí trabalhamos com muitas cores. Essa é uma festa especial, para que todos possam se sentir confortáveis e felizes", conta a professora.





SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI