Alunos da EJA ingressam no Ensino Superior

01/02/2019     Lívia Barradas

"O ensino público e a Educação de Jovens e Adultos têm muita qualidade. Agradeço aos professores e à toda a estrutura que minha escola me deu para que eu alcançasse a aprovação para a universidade". Esse é o depoimento da estudante Gabriele Cardoso, aluna do Centro de Educação de Jovens e Adultos (CEJA) Arthur Furtado

A jovem de 19 anos que teve problemas com reprovações em séries anteriores, atrasando a vida escolar, retomou os estudos por meio da EJA e foi aprovada em 3º lugar para o curso de Ciências Sociais da Universidade Estadual do Piauí no sistema de cotas para alunos de escolas públicas.




Além da dedicação e uma extensa rotina de estudos, Gabriele contou com o auxílio dos professores e das ferramentas do Pré-Enem Seduc, como o aplicativo para a correção das redações e as revisões gerais.


"Pela manhã eu ia para a escola e nos demais períodos eu estudava em casa. Contei com a ajuda dos professores, principalmente na disciplina de redação, onde também utilizei o aplicativo do Pré-Enem que me ajudou muito. A escola me deu todo o suporte e sempre me orientou quanto às atividades do Pré-Enem", afirmou a mais nova universitária.


As histórias de superação de alunos oriundos da Rede Pública Estadual não terminam por aqui, além da Gabriele, outros alunos atendidos pela EJA ingressaram no Ensino Superior por meio do SISU e ProUNi:


Mateus Carvalho - Turismo/UESPI

Gabriele Cardoso - 3º lugar Ciências Sociais/UESPI

Clésio Barbosa da Silva - Ciências da Natureza/UFPI

Mayara de Sousa Silva - Nutrição/UNIFSA

Ronaldo Ferreira da Silva - Gestão Ambiental/UESPI

Aueilene Freitas dos Santos - Matemática/UESPI

José Wilson Cardoso da Silva - Gestão da Tecnologia e da Informação/UNIP

Renato César - 3º lugar em Física/UESPI

Sidnei Rodrigues de Oliveira - Biologia/UESPI

Elber Fabrício Mendes Oliveira - Estatística/UFPI

Vítor José Pinho Aguiar - Direito - UNINOVAFAPI

Handressa  kaline Bento  da Silva - Nutrição/CEUT

Halessa Karine Bento da Silva - Pedagogia/CEUT

Jackson Barros  Azevedo - Administração/UNIP

Iara Maria Santos Carvalho - segurança do Trabalho/IFPI

Ana Maria - Física/UFPI

Tomas Jefferson Hipólito de Moura - Química/UESPI

Manoel  Messias Silva - História/UESPI e Direito CEUT

Antonio Freitas - Serviço Social/CEUT

Daniele Cristina - Enfermagem/CEUT

Luciano de Sousa Pontes - Administração/UESPI

Antonia Félix - Administração/CEUT

Adelmo Santos - Arquitetura/IFPI

Bruna Ramos - Recursos Humanos/CEUT

Mayara Silva - Recursos Humanos/CEUT

Cristiane Maria - Recursos Humanos/CEUT

Norma Oliveira - Administração/UESPI

Ítalo Jordano Batista - Educação Física/UFPI

Carla Francisca Campelo Nunes - Educação Física/UFPI

Luan Ytalo Sousa Coelho - Administração/CEUT


Jovens e Adultos podem retomar os estudos


O Piauí está em constante aumento na oferta de vagas para Educação de Jovens e Adultos e aquelas pessoas que estão sem estudar e pensam em retornar para a vida escolar, este é o momento.


A Secretaria de Estado da Educação está com matrículas abertas para a Educação de Jovens e Adultos (EJA). Para se matricular no Ensino Fundamental é necessário ter a partir de 15 anos, já para o Ensino Médio, ter 18 anos.


"É uma grande oportunidade para retornar à escola nesse ano de 2019. A Seduc está oferecendo mais de 150 mil vagas em todo o estado do Piauí, em cerca 400 escolas e 28 centros exclusivos para a oferta dessa modalidade", afirma Conceição Andrade, diretora da Unidade de Educação de Jovens e Adultos da Seduc.


No próximo dia 08 de fevereiro a campanha de matrículas para a Educação de Jovens e Adultos será intensificada com o "Dia D". No interior do estado, nesse dia, as escolas mobilizam a comunidade sobre a importância de retomar os estudos mesmo na idade adulta. Em Teresina, as ações do "Dia D" acontecem na praça Rio Branco, com a realização de matrículas no local.



SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI