Aluna de escola pública é premiada em concurso da APL

23/01/2020     Hélder Rocha



 
Uma realidade adversa, viver na zona rural de um pequeno município do Piauí, não foi empecilho para a estudante Francineide da Silva Torres, do Centro Estadual de Tempo Integral (CETI) Pedro Mendes Pessoa (Beneditinos-PI), conseguir o terceiro lugar na categoria Poesia do Concurso Literário Herculano Moraes, promovido pela Academia Piauiense de Letras. Única aluna de escola pública entre os primeiros colocados, a estudante recebeu a premiação na quarta-feira, 22 de janeiro, e aproveitou também para comemorar os 920 pontos obtidos na prova de Redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

"Sou muito grata a Deus, a meus maravilhosos professores e a APL por me proporcionarem a chance de mostrar meu potencial como escritora e darem este incentivo às novas gerações. Foi uma honra representar a escola pública no concurso literário e lembrar que essa ainda tem muito a oferecer ao progresso da educação nacional", declarou Francineide.


O concurso foi direcionado a alunos do ensino médio da rede pública e privada no Piauí, abrangendo as categorias de poesia, conto e crônica, com tema livre. O resultado dos vencedores foi divulgado em dezembro do ano passado.

"Acreditamos que aqueles que participaram se estimulem a continuar produzindo, esse concurso é uma homenagem a um dos maiores homens das nossas letras da últimas três ou quatro décadas que é a figura do nosso incansável Herculano Moraes", indicou o escritor Dilson Lages, responsável pela organização do concurso.


O vencedor de cada categoria recebeu o prêmio de R$ 1.500,00, o segundo colocado ganhou R$ 1.000,00, e o terceiro colocado recebeu a quantia de R$ 500,00. A escola do 1° colocado em cada categoria também foi premiada com uma Coleção Centenário do APL.

A professora de literatura Maria Francisca, conhecida como Kinha Silva, revela que Francineide Torres era uma das que estavam muito empolgas com o concurso. "Como a mesma é da zona rural, ficava me procurando para saber se já havia saído o resultado. Quando na última semana de 2019 me deparei com uma notícia com o nome dela, meu coração disparou de alegria, em seguida recebi uma ligação da Academia, e quando liguei para Francineide nós duas ficamos muito emocionadas", conta.

A professora ressalta ainda o apoio da coordenadora pedagógica do CETI, Aurimar Rocha, e da professora de história, Francineide Costa. "Como diz Paulo Freire, ensinar não é transferir conhecimento, mas criar possibilidades para sua própria produção ou a sua construção. Acredito que os professores devem ser pontes que levem o educando a alcançar objetivos e que com essa premiação outros alunos do CETI Pedro Mendes Pessoa se sentirão motivados a escrever e acreditar em si mesmos", finaliza.


Na categoria Poesia, ganharam: "Se Da Vinci soubesse seu nome" - Mariana Soares Martins Santos; "O Cosmo existe" - André de Sousa Pereira Filho; e "Ausência" - Francineide da Silva Torres - CETI Pedro Mendes Pessoa.

Na categoria Crônica, ganharam "O Sorriso da Insanidade" - Ana Maria (escola particular); "Competição o que somos" - Rafael Rezende (escola particular); "Gotas de Sangue" - Milena Pinheiro (escola particular).

Na categoria Conto, ganharam Raul, Artur de Sousa Ramos (escola particular); "E-maníacos" - Liana F. Rocha (escola particular); e "Aqui não é o seu lugar" - Juliano Reis (escola particular).

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI