• 20 out 2021

Novo Ensino Médio: SEDUC disponibiliza formulário de escuta para professores

Em uma nova etapa da implementação do Novo Ensino Médio do Piauí, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), em parceria com Instituto Unibanco, disponibiliza formulário on-line de escuta para professores da rede estadual, que estejam em sala de aula ou não, para entender as expectativas dos profissionais com o processo que vem sendo realizado. O formulário fica disponível até 3 de novembro.

 

A implementação, que deve ser efetivada já em 2022, tem seguido passos importantes nos últimos meses como planejamento de formações aos docentes e técnicos da rede de ensino. Ainda no mês de setembro, a secretaria fez uma consulta com os estudantes do 9° ano do ensino fundamental e 1ª e 2ª séries do Ensino Médio. Agora será a vez de escutar os professores da rede para entender qual a expectativa para direcionar formações que atendam às reais necessidades do momento.

 

“Estamos atentos a cada nova etapa para dar segurança em toda a implementação e garantir o cumprimento de cada ação proposta. Estamos realizando vários seminários e teremos formações para apresentar cada detalhe desse novo momento, pois se trata de uma mudança não só na sala de aula, mas de todo o processo, a lotação de professores, a estrutura das escolas e tudo que envolve a educação neste nível de ensino. As escolas de tempo integral já entendem muito disso e eles são esse modelo que a gente chama de novo, mas que já faz parte da realidade da educação do Piauí há muito tempo”, disse Elenice Nery, coordenadora de etapas do Novo Ensino Médio no Piauí.


ACESSE AQUI O FORMULÁRIO


ENTENDA O NOVO ENSINO MÉDIO

 

O Novo Ensino Médio define uma nova organização curricular, e será composto pela Base Nacional Comum Curricular + Itinerários Formativos, que segundo a Lei de Diretrizes e Bases da Educação, em seu artigo 36, “deverão ser organizados por meio da oferta de diferentes arranjos curriculares, conforme a relevância para o contexto local e a possibilidade dos sistemas de ensino” compreendendo linguagens e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; ciências humanas e sociais aplicadas; e formação técnica e profissional.