• 12 nov 2021

Encontro discute a construção do Guia de Implementação do Novo ensino Médio para escolas

O processo de implementação do Novo Ensino Médio continua e, na manhã desta sexta-feira (12), no Blue Tree Towers Rio Poty, o Grupo de Trabalho (GT) Pedagógico, formado por cerca de 40 técnicos, se reuniu para definição de estratégias e construção do Guia de Implementação para as Escolas, que tem como base o plano geral feito pela Secretaria de Estado da Educação (SEDUC).

 

 

De acordo com a coordenadora de etapas, Elenice Nery, o encontro tem uma metodologia prática discute de forma minuciosa itens como as eletivas, Projeto de Vida, Matrizes Curriculares, Ensino por Competência e Currículo Integrado. “Temos representantes de diversos setores pedagógicos da Seduc para discutir tudo aquilo que já está no Plano de implementação e será base para a concepção desse guia que será disponibilizado para as escolas”, explicou.

 

 

A SEDUC vem realizando um intenso trabalho em toda a rede para garantir a efetividade na implementação. As Gerências Regionais (GRE) e gestores escolares já participaram de seminários nos últimos meses para receberem orientações e informações de tudo que está contido no novo currículo.

 

 

Estrutura do currículo

 

O currículo do Ensino Médio piauiense está estruturado em um período de três anos, com a carga horária de 1.800 horas, destinadas à Formação Geral Básica e 1.200 horas, referentes aos itinerários formativos.

 

A formação básica contempla as quatro Áreas do Conhecimento, expressas na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), contextualizadas com a realidade do ensino local. Os Itinerários Formativos ampliam as aprendizagens relacionadas às competências gerais da BNCC, às Áreas de Conhecimento e/ou à Formação Técnica e Profissional.

 

Além das aprendizagens comuns e obrigatórias, definidas pela BNCC, que completam a Formação Geral Básica, os estudantes poderão, por meio dos Itinerários Formativos, escolher se aprofundar nos conhecimentos que mais se relacionam com seus interesses e talentos, conforme condições das escolas e das redes de ensino.