Aula em praça pública esclarece sobre a BNCC

07/03/2018     Ranielly Veloso

Uma aula pública diferente para tratar sobre um assunto fundamental para a elaboração dos conteúdos a serem abordados em salas de aula em todo Brasil a partir de 2020 pelos ensinos infantil, fundamental e médio.  Na sombra da praça Firmina Sobreira, em frente ao Instituto Superior de Educação Antonino Freire (ISEAF), zona norte de Teresina, representantes da Seduc; governo; professores, diretamente interessados nessa discussão; além da sociedade civil e pais foram convidados nesta terça-feira (06) para o dia D de apresentação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), seus objetivos e o quê diz respeito a conteúdo e metodologias.



O assunto que vai nortear a educação deve ser pauta para toda a sociedade, porque afinal é a explanação sobre o futuro da educação no país. Dentre os temas mais relevantes da base estão a matrizes curriculares e os Projetos Políticos Pedagógicos (PPPs).   "A sociedade como um todo precisa se preocupar, porque a educação é o elemento fundante. Esse dia D é mais um marco na história no processo de construção de discussão da Base Nacional Curricular Comum. Hoje, todos os municípios do Brasil e Distrito Federal estão a discutir a base", esclarece Sebastião Ferreira, diretor de Formação do Instituto Antonino Freire.



Após congressos, seminários, e outras ações, esse está sendo o primeiro momento que a sociedade é convidada a discutir o tema de uma forma mais ampla por meio da apresentação pública da base.



Além da aula, uma apresentação de teatro ilustrou melhor a situação da BNCC. "É interessante que essa discussão ocorra em todas as escolas, a Seduc está dando o pontapé inicial, mas ela gerará muitos outros debates e encontros nessa perspectiva e conhecer e aprofundar a base", continua o professor Sebastião Ferreira .



Os professores do próprio Instituto, por exemplo, já estão afinados com as novas normas, "nesse primeiro momento estamos conhecendo a estrutura e as 10 competências da base, e em seguida vamos aprofundar os estudos, porque ela tem esse objetivo justamente de contribuir no planejamento dos currículos escolares", ressalta Josefina Ferreira Gomes, professora mestre do ISEAF.



A diretora geral, Gildete Milu, foca no momento importante pelo qual a educação está passando, "hoje é o dia D, no qual todas as instituições estão indo a público para explicar a base que vai nortear a educação a partir de 2020, quando vai funcionar em todas as áreas da educação. O objetivo é esse, chamar atenção da sociedade para o que está acontecendo na educação. A partir da Base Nacional Comum Curricular as escolas vão fazer o conteúdo a serem trabalhados na educação básica".




SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI