Seduc mobiliza escolas para prova do SAEPI

14/11/2017     Tallita Tajra


O esforço da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) para melhorar os indicadores em educação tem sido contínuo. Por isso, nesta terça-feira (14), a Seduc realizou, na Escola Fazendária,  o encontro de tutores do Pacto pela Aprendizagem das Gerências Regionais de Educação (GREs).


A pauta principal do encontro é a mobilização das escolas para a 7ª edição do Sistema de Avaliação Educacional do Piauí (SAEPI),  que será aplicado no dia 29 de novembro, em todas as escolas da rede estadual.


"O SAEPI é um sistema de avaliação criado em 2011 pela Secretaria de Educação, que funciona em parceria com o Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (CAEd). Ele avalia os estudantes nos mesmos moldes da Prova Brasil, com a diferença que a Prova Brasil acontece de dois em dois anos e o SAEPI é realizados todo ano", explica Viviane Carvalhedo, coordenadora da equipe central do acompanhamento pedagógico do pacto.





O SAEPI vai avaliar a qualidade do ensino e o desempenho escolar dos alunos nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Serão avaliados 136.000 alunos do Ensino Fundamental (6° e 9º ano) e Ensino Médio (1ª, 2ª e 3ª série), das 21 Gerências Regionais de Educação.


Nos dias 16 e 17 de novembro acontece a capacitação de agentes do SAEPI para gerentes, coordenadores das GRES  e supervisores Municipais que irão aplicar as provas da avaliação.


"Faremos a capacitação dos agentes que vão trabalhar na avaliação por meio de uma reflexão dos procedimentos de aplicação e mostrando aos participantes os padrões a serem seguidos, para que o SAEPI aconteça de forma satisfatória. Hoje os tutores do Pacto estão aqui para levar essas informações sobre o SAEPI e intensificar a mobilização para a prova nas escolas, destacando a sua importância", destaca Viviane.





A coordenadora ressaltou que, além dos testes, todos os alunos, professores e diretores responderão também a um questionário contextual e socioeconômico como forma de identificar fatores associados à aprendizagem dos estudantes e uma visão mais detalhada da realidade educacional.


"É muito importante que os alunos façam as provas do SAEPI, pois é a partir dele que a Seduc vai promover um diagnóstico da realidade educacional do Estado, redirecionar o planejamento e a prática pedagógica, traçar estratégias e melhorar cada vez mais os indicadores", pontuou. 


Fluxo escolar


A correção do  Fluxo Escolar também foi  pauta do Encontro de tutores do Pacto pela Aprendizagem. Foram discutidas estratégias para trabalhar com aqueles estudantes que não estão muito bem em termos de aprendizagem.


"A nossa secretária Rejane Dias entende que, se não olharmos para as desigualdades específicas de cada estudante, não teremos resultado. Por isso, os alunos que estão com déficit de aprendizado precisam ter um momento que chamamos de intensivo de aprendizagem. Nesse intensivo levaremos para sala de aula estratégias pedagógicas para recuperar essa distorção e assim melhorar o Fluxo e o nível de aprovação. Nossa meta é ter alunos dentro da escola, aprendendo de forma adequada  e terminando cada etapa do Ensino Básico na idade certa", finalizou Viviane.




SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEDUC
Av. Pedro Freitas, S/N - Bloco D/F - Centro Administrativo
CEP: 64.018-900 - Teresina - PI